Notícias

Agropecuária cresce 2,4% em 2020

Apesar dos efeitos adversos da pandemia e do impacto da desvalorização cambial nos custos de produção, o setor agropecuário mostra desempenho consistente em 2020, crescimento de 2,4% de janeiro a setembro deste ano frente ao mesmo período de 2019.

A análise está no Comunicado Técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sobre o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado nesta quinta (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado de 2020, indústria e serviços tiveram queda de 5,1% e 5,3%, respectivamente.

No acumulado de 12 meses, o IBGE mostrou que a agropecuária também teve desempenho positivo, com expansão de 1,6% ante 12 meses anteriores, enquanto indústria e serviços novamente tiveram retração (-3,5%).

Especificamente no terceiro trimestre, o PIB da agropecuária caiu 0,5% em relação ao segundo trimestre deste ano e teve ligeira alta de 0,4% na comparação com o terceiro trimestre de 2019. Os destaques da produção agrícola brasileira no 3° trimestre de 2020, segundo o IBGE, foram o café (21,6%), cana (3,5%), algodão (2,5%) e o milho (0,3%).

No resultado geral, o PIB do Brasil cresceu 7,7% frente ao segundo trimestre deste ano, de acordo com o IBGE. “Os dados mais recentes, referentes ao 3° trimestre/2020, sugerem que o pior momento da crise brasileira parece ter ficado para trás já que o desempenho do 3° trimestre é significativamente melhor que o do trimestre imediatamente anterior”, diz o Comunicado Técnico da CNA.

Entretanto, se comparado com o terceiro trimestre do ano anterior, o PIB registra queda de 3,9%. No acumulado de janeiro a setembro de 2020, a retração é de 5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Fonte: https://www.cnabrasil.org.br/noticias/agropecuaria-cresce-2-4-em-2020

Postagem anterior

Produtores da ‘Estrada do Arroz’ em Imperatriz, criam Associação com apoio do Senar

Próximo post

Agro do Paraná aposta em via área para exportar produtos

Occasio

Occasio

Sem Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *